Poster – 12

Título

ANEMIA FERROPÉNICA REFRACTÁRIA APÓS CIRURGIA BARIÁTRICA

Autores

Cardiga, M. Proenca, L. Fernandes, M. Alface, A. Leitão, C. Fonseca
Unidade Funcional Medicina III, Hospital de Dia de Especialidades Médicas, Hospital São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Lisboa, Portugal

A obesidade é uma das componentes do síndrome metabólico e representa um importante problema de saúde pública. A cirurgia bariátrica é o tratamento mais eficaz. Embora os benefícios sejam evidentes há que ter em conta as complicações do pós-operatório, como anemia e outras citopénias.

Objetivo: Avaliar a prevalência de doentes com anemia ferropénica refratária à terapêutica oral que se submeteram a cirurgia bariátrica e descrever fatores que podem aumentar esse défice. Métodos: Estudo retrospetivo de doentes seguidos em ambulatório num hospital central durante o ano de 2013, que foram submetidos a cirurgia bariátrica desde 2005. Foram avaliadas as características dos doentes com anemia por deficiência de ferro, que necessitaram de administração de ferro endovenoso durante 2013, deficits nutricionais e outras causas de anemia também foram investigados.

Resultados: Foram incluídos 200 doentes, 47,5 ± 11,0 anos, sexo feminino, 85% (n=170). 27 doentes (13,5%) com anemia por deficiência de ferro com necessidade de ferro endovenoso; diagnóstico de anemia 1.123±646dias após a cirurgia; 92,6% de bypass gástrico; 42,7±7,4anos; 92,6% do sexo feminino (n=25), uma em fase pós-menopausa; índice de massa corporal (IMC) antes da cirurgia, 41,5±5,5kg/m2. Na altura do diagnóstico de anemia: IMC de 28,1±5,9kg/m2; hemoglobina 9,9±1,7g/dl, VCM 78,8±7,9fL, ferro sérico 30,0±19,3ug/dl, ferritina 13,6±33,7ng/ml. 63,6% das mulheres (n=14) teve menorragias desde a cirurgia. Deficiência de vitamina B12 e ácido fólico foi encontrado em quatro e dois doentes, respetivamente. Todos os doentes realizaram exames endoscópicos que não revelaram alterações.

Conclusão: A anemia ferropénica é uma preocupação indispensável após a cirurgia bariátrica, especialmente em mulheres menstruadas. Apesar da administração oral de ferro e vitaminas é frequente a necessidade de terapêutica de ferro endovenoso.

X